Tenho feito performances e arte não disciplinar desde 1990 com Desatorador ,  performance cíclica de intervenção em espaço público, concluída em 2020. Desde 2010 tenho realizado Signal , performance diária para vida em bancos e ATMs, atingindo 35.000 atuações no dia 23 de outubro de 2021 na presença de transeuntes, clientes, trabalhadorese câmeras fiscalização do sistema financeiro.

Em 2008 iniciei o ciclo  Performance , até agora composta por seis performances, quatro delas correspondendo ao que chamo  desempenho corporal ausente:  um modo de performance art em que a performatividade surge por meio de processos em que a encenação espetacular do corpo ataca, o que se torna particularmente performativo em contextos com histórias recentes de genocídio, desaparecimento forçado e êxodo.

Já participei de festivais, bienais, encontros, colóquios e exposições, realizei performances, intervenções ou projetos contextuais e / ou realizei trabalhos de curadoria e gestão cultural no Peru, Cuba, México, Colômbia, Equador, Chile, Bolívia, Brasil, Estados Unidos , França, Áustria, Alemanha, Holanda, Suíça, Espanha e Egito.

Festivais, bienais, encontros e outros shows.

Pallay pampa. Andine Kreuzungen, IFA-Galerie Berlin, setembro de 2021 - janeiro de 2022 / Semana de Arte de Berlim (15 a 19 de setembro); Performance Deform Triennial, Chile, 2020; Oasis Paraíso, encontro de espetáculos. Projeto AMIL, com curadoria de Gisselle Girón, reperformance Envuelvezen (segundo La Acción Villacorta, A. Casari 2003) , Lima, 2020;  Belas Artes: uma trajetória de imagens (1918-2018), Galeria Germán Krüger Espantoso. Instituto Peruano de Cultura da América do Norte, Lima 2018; Peru: Caminho para o Bicentenário , Galeria do Fórum, Lima, 2017; R astros de Intersecciones: Ciudadanos en Lima , exposição do coletivo Ashlanqueras (participante de um evento performático no encerramento da exposição), Galería de la Alianza Francesa em La Molina, Lima, 2017); Heterotopías Colloquium, Universidade Autônoma Metropolitana, México DF, 2016; Academia Internacional de Artes Cênicas de Bogotá: Dramaturgias Expandidas, IV Experimenta / Sur, Bogotá, 2015; 9000 km Häppchen - wanderndes Wissen, Sandleitenhof, Viena, 2015; XIII SOHO no Festival Ottakring, Viena, artista convidado em projeto individual, 2014; Über die Straße sind wir gekommen, Kunstraum Suburbia, Linz, 2014; Common Place. International performance meeting, La Karakola, Quito, 2014. ECUA UIO 2. Festival Internacional de Artes Visuais, Quito, 2013; Amerikan Kinetics, Galerie Capital Gold, Mannheim, 2011; Coleção de Arte Contemporânea do Museu de Arte de San Marcos (curador Juan Peralta), Centro Cultural da Universidade Nacional de San Marcos, Lima, 2011; Festival de Performance Experiencias de la Carne I, Elgalpón, Lima, 2011; Amerikan Kinetics, Galerie Capital Gold, Dusseldorf, 2010; Actualitas Kunst Vor Ort  Festival Machtwelten , H BK Braunschweig,  2010; Festival de performance MOLA I, Salvador da Bahia, 2010; Linha Luíquida, Museu Memorial da América Latina, São Paulo, 2009; Um olhar sobre a arte-ação peruana do século 21: Actionism in Peru 2000-2005, ICPNA, Lima, 2008; IV Bienal Internacional de Tijuana, 2006; Actionism in Peru 1965 –2000 CPNA, Lima, 2005; ICPNA Action Art Festival, Lima, 2005; KM0 Urbano, Triangle Artist Trust UK, Santa Cruz, 2005; VIII Bienal Internacional de Havana, 2003. III Bienal Internacional do Mercosul, Porto Alegre, 2001. VII Bienal Internacional do Cairo, 1998. I Bienal Ibero-americana de Lima, individual, 1997. XXVIII Festival Internacional de Cagnes-Sur-Mer, 1996 .I Festival de Novas Tendências, Museu da Nação, Lima, 1994; XXXV Aniversário, Museu de Arte de Lima, 1994; IV Bienal Internacional de Cuenca, 1994.

Indivíduos

 

Performance Barrer, Galeria El Ojo Ajeno, Centro de Imagens, Lima, 2007; Galeria Nano, Cusco, 2005; I Bienal Ibero-americana de Lima, 1997; Centro Cultural Cháves de La Rosa, Arequipa, 1997; Centro Cultural Extramuros, Lima, 1996; Galeria da Paraphernalia, Lima, 1994; Salão Luis Miró Quesada Garland, Lima, 1993.

 

Curadoria, gestão cultural, júris

Membro da Terceira Comissão Independente de Avaliação do Apoio Econômico “Repensando a oferta de bens, serviços e atividades culturais ao contexto gerado pela declaração do Estado de Emergência Sanitária” do Ministério da Cultura do Peru 2020; Membro do Júri do Concurso de Projetos de Produção de Artes Visuais 2019 do Ministério da Cultura do Peru; membro do júri do Prêmio Nacional Trujillo de Artes Visuais 2018; Curadoria e seleção de projetos artísticos do programa anual de 2018 no Museu Santo Domingo Qorikancha, Cusco; Membro do Corpo Curatorial da Mostra Osso Latino-Americana de Performance MOLA III 2015, Lençóis (Brasil); Diretor da seção de streaming e curador da seção presencial da IV Bienal Internacional de Deformes de Performance 2012, Santiago e Valdivia (Chile); co-curador e co-gerente do Euro Latin Performance Tour do Epicentro Cusco & Flux I bel Structures Berlin, realizado no Freies Museum Berlin, Kunsthalle Faust Hannover, Kunstraum Walcheturm Zurich, Kasko Bassel, 2010; curadora de Blue Pieces, mostra individual de Jerry B Martin e inauguração da Galería Revolver, Lima 2008; curador visual (processamento eletrográfico analítico-crítico-intuitivo) de obras dos artistas Alex Ángeles, Walter Carbonell, Mónica Gonzáles Raaijen, Trudy Macha, Jerry B Martin / Fidel Barandiarán, Juan Osorio e Sergio Urday em Imagen-Idea , Sala Belisario Suárez, Município de Miraflores, Lima 2003; Co-curador de Designe-moi un mouton , L'imaginaire, Alianza Francesa de Miraflores, Lima, 2000.

Diretor Artístico em  Encontro as cegas  Encontro Internacional de Performance 2009, Cusco (Peru); fundador e secretário-geral da  Epicentro Cusco, Arte, Ciência, Sociedade , Cusco 2005-2010; Chefe de Gestão e Produção do Museu de Arte da Universidad Nacional Mayor de San Marcos, 2004; e membro da Comissão Artística e dos júris dos salões regionais da Bienal Ibero-americana e da Bienal Nacional de Lima, 2000 a 2002; Emergencia, Artística Colegio de Periodistas de Lima, exposição paralela à II Bienal Ibero-americana de Lima (gestão), 1999.

 

Atividade acadêmica

Professor em  o Lima Image Center,  na Faculdade de Arte e Design PUCP e na Escola Superior de Arte Corriente Alterna.

Apresentações: Escola Superior de Arte Corriente Alterna, apresentação de trabalho pessoal 1990-2019: Órgão interveniente: cidadania e esfera pública. Corpo encenado: lei e reconhecimento. Corpo ausente: reconhecimento e preocupação, Lima, 5/2019. Sala Luis Miró Quesada Garland, discussão da exposição Todos os tempos futuros sempre foram melhores, de Wilma Ehni, apresentação: Contemporaneidade e performance: dois pressupostos e quatro conceitos, Lima, 2/2018. Faculdade de Arte e Design PUCP, Grupo Arte y Estética, mesa Diálogos Interdisciplinares em Arte Contemporânea: Arte Contemporânea e Performance, Lima, 6/2017. Academia de Belas Artes de Viena, curso de Arte Pós-conceitual por Marina Grzinic, palestrante: Ação ou atividade? Performance ou pastiche?, 5/2014. Depot Kunst und Diskussion, palestrante: Embracing Sandleitenhof, arte no espaço público, Viena, 5/2014. Centro Cultural da Universidad del Pacífico, Cycle Looks at Performative Art, El Galpón Espacio, palestrante: A ação da performance (não a atividade dos performers), 3/2014. Instituto de Ciência Política da Universidade de Viena e Instituto Austríaco para a América Latina, Mestrado Interdisciplinar em Estudos Latino-Americanos, palestrante: Performance e política: El Colectivo Sociedad Civil, 6/2013. Centro Cultural Metropolitano de Quito. orador: Intervenção cultural, performans e performance, 3/2013. Conferência sobre Pensamento e Debate: Arte, Cidadania e Espaço Público, Centro Cultural Bellas Artes, palestrante: Estar na rua ou intervir no espaço público!, Lima, 6/2011. Museu Memorial da América Latina, São Paulo, palestrante: Liquid Performance Workshop, 9/2009.

 

Prêmios

Prêmio Flora Tristán (Coletivo Sociedade Civil).

Prêmio Caretas (CSC).

Prêmio Nacional de Arte do CCC.

Prêmio Nacional de Pintura 2V.

Prêmio de Pintura de Seguros do Atlas de Belas Artes.

Medalha de ouro na especialidade Pintura em Belas Artes

 

Estudos

Graduado em Artes Plásticas pela Escola Nacional Superior Autônoma de Belas Artes do Peru. Concluiu os estudos de Mestrado em Gestão Educacional pela Universidade Antonio Ruiz de Montoya.

Emilio Santisteban, artista interdisciplinario de performance. Perú. emilio@emiliosantisteban.org Contato.

  • Icono social Instagram
  • Facebook Social Icon
  • Icono social LinkedIn